Brasil é o 5º lugar em Cyber Ataques


No ano de 2021 o avanço da tecnologia marcou também um ano cheio de Cyber Ataques em empresas dos mais variados setores. Os vazamentos, sequestros, invasões de sistemas e, os dados criptografados por criminosos tiveram como consequência tempo de inatividade e muito dinheiro perdido e reputações comprometidas. Segundo a Roland Berger, o Brasil foi o 5º país que mais sofreu crimes cibernéticos no ano passado, com 9,1 milhões de ocorrências, somente no primeiro trimestre - mais que o ano inteiro de 2020.


Com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a regulamentação para manipular dados tornou-se mais rigorosa, mas, ainda assim, os criminosos encontraram brechas para praticar os ataques, visto que a interação entre as pessoas não cresceu na mesma medida dos cuidados com as informações.


De acordo com matéria publicada pela Forbes, o vazamento de dados inclui desde o nome completo, endereços de e-mail e residencial até os dados bancários.

De forma geral, em casos de ambientes e dados distribuídos, além da computação em nuvem, as informações precisam estar analisadas e seguras, desde o uso de criptografia na comunicação (VPN), como também garantir que ambos os ambientes estejam seguros, como o uso de antivírus/EDR, firewall, para análise de tráfego no ambiente e componentes que auxiliem na detecção e resposta a um artefato ou ação maliciosa.


Para se prevenir dos cyber ataques, diversos caminhos são possíveis e diversas ferramentas podem ser exploradas, entre elas, a conscientização dos usuários é adotada por muitas empresas como o passo inicial, pois torna seus colaboradores “firewalls humanos”, evitando que eles cliquem em conteúdos maliciosos e exponham a segurança dos dados corporativos.


É necessário também investir em um bom antivírus e garantir que ele seja bem implementado, trazendo assim, a confiança de dados realmente protegidos.

A segurança com tecnologia de ponta, fica por conta da imutabilidade, que garante que mesmo que um ataque seja bem sucedido, os criminosos não serão capazes de modificar ou criptografar seus dados.


Essas, são apenas 3 formas de proteger seu ambiente de cyber ataques e garantir a recuperação de seus dados, a Cintech tem foco na Segurança dos Dados e podemos ajudar a sua empresa a eleger a trilha ideal para garantir não só a conformidade com a LGPD, como também a proteção e recuperação de seus dados.

6 visualizações0 comentário